Notícias

No Conama, Rogério Menezes elogia ICLEI na COP 23 e defende solução para TCFA

Em pronunciamento realizado hoje em Brasília durante a 127ª Reunião do Conselho Nacional de Meio Ambiente, o presidente da Anamma Rogério Menezes destacou o inédito protagonismo dos governos locais na COP 23, pela primeira vez, com Fórum que integrou a programação oficial e cumprimentou e agradeceu o trabalho do ICLEI- Governos Locais pela Sustentabilidade - na pessoa do Rodrigo Perpétuo que lidera a entidade para a América do Sul. Também relatou a assinatura da parceria Ibama, FNP e Anamma no dia 27 no encerramento da plenária dos Prefeitos em Recife. Após 16 anos de espera abre-se a perspectiva dos recursos financeiros da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental chegarem aos municípios qu

Diretoria Anamma debate o futuro do PROCONVE

Em reunião realizada hoje a tarde, 28 de novembro, no auditório da ABM em Brasília, a diretoria Nacional da Anamma debateu o futuro do Programa de Controle da Poluição Veicular. O debate contou com a presença do Ex-secretário de Estado e Deputado Federal Constituinte Fábio Feldmann, que pediu o protagonismo da Anamma no assunto. "As doenças respiratórias impactam os municípios, a saúde de suas populações e seus orçamentos", destacou o presidente da Anamma Brasil, Rogério Menezes. "Os municípios não aceitarão medidas protelatórias ou metas pouco ambiciosas neste assunto", completou. Foi saudada a iniciativa do Secretário Maurício Brusadin de abrir o diálogo sobre o tema, fundamental para a sa

TCFA: FNP e Anamma assinam parceria com o Ibama.

No encerramento da Plenária dos Prefeitos do 72ª Encontro Nacional da FNP em Recife foi assinado protocolo para ação conjunta das entidades visando fazer enfim com que os recursos financeiros da TCFA - Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental- recolhida em guia única para o Ibama por atividades potencialmente poluidoras cheguem aos municípios. A Taxa, que se relaciona ao poder de polícia ambiental, foi criada por lei em 2000, mas até hoje os municípios aguardam repasses por parte dos Estados, com exceção daqueles que cobram com guia local para posterior compensação pelas empresas. A união dos municípios com o Ibama contribuirá para atualização cadastral e aumento de arrecadação. "O Sistema

Iclei, Anamma e CB 27 juntos em Recife

Um evento concorrido com trocas de experiências, a presença de 22 secretarias das Capitais Brasileiras e dezenas de Secretários Municipais do interior de Pernambuco. Assim se pode descrever os 3 dias de trabalho em prol da gestão ambiental brasileira com foco em ações de educação ambiental. Na abertura, presença de Rodrigo Perpétuo do Iclei, Marina Caetano da Fundação Konrad Adenauer, André Fraga, presidente do CB 27, Carlos Ribeiro da Anamma Pernambuco e o presidente nacional da Anamma, Rogério Menezes, entre outras autoridades, como o presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Estado.

Ministro defende política de resíduos sólidos

Na abertura da Waste Expo Brasil 2017, Sarney Filho afirma que municípios devem participar da revisão do Plano Nacional de Resíduos Sólidos. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, determinou que os municípios participem ativamente das discussões que vão definir a revisão do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). O anúncio foi feito durante a abertura da Feira Waste Expo Brasil 2017, único evento comercial voltado à promoção da gestão dos resíduos sólidos, que teve início na tarde desta terça-feira (21/11), em São Paulo, e prossegue até a quinta-feira (23/11). “Queremos uma atenção especial aos municípios, e aos estados também, e a oportunidade de que eles elaborem também essa revisão

Fórum debate gestão integrada de resíduos

Ministério participa do evento que começa nesta terça (21) em São Paulo, paralelamente à Feira Waste Expo. Ministro comparece à abertura. ELMANO AUGUSTO O Ministério do Meio Ambiente (MMA) participa, a partir desta terça-feira (21/11), do Fórum Internacional sobre Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos, que ocorrerá paralelamente à Feira Waste Expo Brasil 2017, em São Paulo. Além de integrar os painéis, o MMA terá estande no local, onde serão realizados debates e apresentações. O ministro Sarney Filho comparecerá à abertura do evento, a partir das 13h desta terça. O fórum, que segue até a quinta-feira (23/11), vai enfocar questões relativas à gestão dos resíduos sólidos. O principal objetivo

Aberta consulta pública sobre Fundo Verde do Clima

Documento recebe contribuições até 9 de dezembro. Estratégia é discutida em oficinas temáticas até o início de dezembro. DA REDAÇÃO O documento-base da Estratégia do Brasil para o Fundo Verde do Clima (GCF, da sigla em inglês) está em processo de consulta pública eletrônica até o dia 8 de dezembro, por meio de formulário disponibilizado aqui. Os interessados poderão realizar comentários sobre o documento-base e apresentar sugestões quanto às prioridades identificadas, fornecendo insumos para o aprimoramento da estratégia brasileira. A consulta pública constitui uma base de diálogo entre o governo e a sociedade. O Fundo Verde para o Clima é uma iniciativa da Convenção das Nações Unidas para M

Cidades sul-americanas apresentam suas ações para enfrentar impactos das mudanças climáticas na COP2

Buenos Aires, Recife e Campinas têm várias coisas em comum. Todas são grandes cidades da América Latina lidando com os impactos das mudanças climáticas, que vão desde secas até períodos de intensas chuvas e inundações. Elas também compartilham um forte compromisso de tomar medidas para enfrentar a questão climática. Essas cidades estão comprometidas com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, o que significa que fazem parte de uma aliança internacional de cidades e governos locais que realizam ações voluntárias para construir uma sociedade de baixo carbono e resiliente. Essas três cidades estavam juntas na COP23, em Bonn, para contar suas histórias e mostrar como cidades comprome

Conferências sobre biodiversidade, serviços ecossistêmicos e gestão metropolitana

Como a expansão e adensamento urbanos impactam a qualidade de vida nos centros urbanos? E como as regiões metropolitanas podem se planejar melhor, incorporando os benefícios dos serviços oferecidos pelo meio ambiente? Na próxima semana, as Conferências “Biodiversidade, Serviços Ecossistêmicos e Gestão Metropolitana” serão realizadas consecutivamente nas Prefeituras de Belo Horizonte (06.11) e de Campinas (08.11)! As regiões metropolitanas de BH e Campinas, além de Londrina, são as regiões brasileiras e Membros ICLEI que integram o projeto internacional INTERACT-Bio, iniciativa liderada globalmente pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade e parceiros no Brasil, Índia e Tanzânia.

Notícias em Destaque
Notícias Recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • w-facebook
  • Twitter Clean