Notícias

No CONAMA, ANAMMA apoia criação de UCs marinhas

O presidente da ANAMMA, Rogério Menezes, fez hoje em Brasília pronunciamento na plenária do Conselho Nacional do Meio Ambiente, em apoio a criação das Unidades de Conservação Marinhas de Vitória, Trindade, São Pedro e São Paulo, que juntas, somam área superior ao território da França. Este avanço na conservação da biodiversidade marinha no Brasil, depende agora de Decreto do Presidente da República, Michel Temer, após a conclusão dos estudos técnicos pelo Ministério do Meio Ambiente. Na oportunidade, a ANAMMA divulgou carta de Apoio ao Movimento #Éahoradomar. Licenciamento Ambiental Rogério Menezes e o vice-presidente da ANAMMA, Mário Louzada, também destacaram a preocupação com a nova tenta

Diretoria ANAMMA participa da reunião do pré-Conama

Acompanhado de membros da diretoria ANAMMA, Rogério Menezes participou hoje da reunião preparatória do CONAMA (pré-Conama). Na reunião, realizada no Ministério do Meio Ambiente, defendeu a revisão da Portaria ICMBIO 71/2018 para garantir a participação dos municípios na Câmara Consultiva do Programa de Conversão de Multas ambientais do Instituto Chico Mendes.

Diretoria da ANAMMA se reúne em Brasília

A primeira reunião do ano de 2018, em que a entidade completa 30 anos, teve a presença do Presidente Rogério Menezes e dos Vice-Presidentes Mário Louzada (ES) e André Fraga (BA), além dos Dirigentes Ezizio Barbosa (GO), Geraldo Nalon (SP), Wagner Rodrigues (MG), Luciane Copetti (MT) e Thiago Valua (TO). Foi apresentado o cronograma e as ações que integram o Projeto ONU-ANAMMA de capacitação que começa em abril de 2018, e irá até maio de 2019. "Serão 17 atividades voltadas aos Conselhos Municipais e técnicos dos municípios, uma em cada um dos 17 Estados da Mata Atlântica e 5 cursos a distância (EAD) sobre os Planos Municipais da Mata Atlântica, uma oportunidade", explica Rogério Menezes. Outr

Movimento #ÉaHoradoMar!

Foto: Julio Cardoso O Brasil é azul! De norte a sul, com quase 8000 km, nosso país possui a maior área costeira do Atlântico Sul, morada de espécies raras e deslumbrantes, e de uma biodiversidade única. São espécies de peixes abrigadas em recifes de corais ou vivendo em mar aberto. Crustáceos e moluscos. Tartarugas, golfinhos, baleias, tubarões! Se os brasileiros e o mundo se deslumbram com a riqueza da Amazônia, sob a superfície marinha não ficamos atrás… No entanto, apesar de toda essa grandiosidade, o Brasil está longe de cuidar bem de seu oceano. Temos hoje menos de 2% de Unidades de Conservação Marinhas, e a maior parte dessas áreas permite o uso dos recursos naturais. São pouquíssimos

Notícias em Destaque
Notícias Recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • w-facebook
  • Twitter Clean