top of page

ANAMMA presente no 4º FBGA


Aconteceu na última semana, em Serra Negra/SP, a quarta edição do Fórum Brasil de Gestão Ambiental, o FBGA, com a presença de diversos prefeitos e autoridades da região do circuito das águas.


Participando de todo evento, desde a abertura oficial, o Presidente da ANAMMA Nacional - Marçal Cavalcanti (Secretário de Meio Ambiente de Pilar/AL), palestrou também, abordando o case de Pilar, com a Agenda dos ODS/ONU e o Programa “Plantando o Futuro”.


No evento, estavam presentes, ainda, pela ANAMMA, o Vice-Presidente Nacional – Antonio Marcos Barreto (Secretário de Meio Ambiente de Itaguaí/RJ); o Presidente da ANAMMA/SP, Rogério Menezes (Secretário do Verde e Meio Ambiente de Campinas/SP); Geraldo Nalon – Diretor Nacional da ANAMMA; Andrea Struchel – Diretora Jurídica da ANAMMA Nacional, Moacir Arruda – Diretor Nacional de Unidades de Conservação; Mario Mantovani – Diretor Nacional de Relações Institucionais; o Reitor do Instituto ANAMMA – Marcelo Marcondes (Diretor de Relações Internacionais da ANAMMA); Alessandro Zabotto – Pró-reitor de Projetos do Instituto ANAMMA; Tiago Sartori - Diretor da Mata Atlântica; Professor Wagner Donato – ANAMMA/MG; Solange Wuo Franco – Diretora da ANAMMA/SP.


O FBGA, coordenado por Rogério Andrade - Presidente do FBGA, e Willian Freitas - CEO do FBGA, contou com uma agenda de eventos simultâneos, debatendo durante três dias os mais diferentes assuntos ligados à gestão ambiental e sustentabilidade, o FBGA foi uma oportunidade singular de conjugar e convergir forças para a agenda ambiental – que contou, com o apoio do Ministério do Meio Ambiente, representado pelo Secretário Nacional de Qualidade Ambiental, Adalberto Maluf.


Representando o CB27, estava o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo de Maceió, Marcos Cavalcante, tendo ainda, participações como da CETESB, Policia Militar Ambiental, comunidade indígena, case Brumandinho/MG, além de uma extensa agenda envolvendo inovação, tecnologias e desenvolvimento econômico.


Marçal Cavalcanti, já no primeiro dia, apresentou o case de sucesso do Programa “Plantando o Futuro”, que é desenvolvido em Pilar, sendo idealizado pelo Prefeito Renato Filho e atua nas diretrizes do ODS/ONU nº 2, que visa o conceito de fome zero e estimulo para a agricultura familiar, ainda, sobre Pilar, Cavalcanti, trouxe a agenda local sobre os ODS, que foi estruturado pelo Reitor do Instituto ANAMMA – Marcelo Marcondes, e hoje, a equipe local segue com autonomia a estruturação da Agenda 2030.


Em uma mesa dinâmica, o Instituto ANAMMA, trouxe a temática “capacitação e parcerias em prol de governança ambiental sustentável. Função dos Corredores Ecológicos e Lineares na Gestão e Trabalho de Campo na área socioambiental: Aspectos científicos, práticos e legais”, o painel que foi coordenado pela Dra. Andrea Struchel, contou com a presença dos doutores Moacir Arruda, que abordou os desafios dos corredores ecológicos, Adriana Fonseca, que conectou a sua apresentação, abordando a gestão dos trabalhos de campo na área socioambiental, e Marcelo Marcondes, com a importância da capacitação e formação para a governança ambiental.


Na sequência, aconteceu o painel “Agenda 2030 dos ODS/ONU: Sensibilização Climática e o direito a cidade”, moderado pela Dra. Andrea Struchel – que abordou os desafios do direito a cidade sustentável, o painel teve a estruturação da Agenda 2030 por Marcelo Marcondes, que falou sobre a sensibilização climática e o direito a cidade, conectando com as ações práticas, convergindo para a execução das políticas públicas, convidando para apresentar os cases de sucesso, o secretário do verde de Campinas – Rogério Menezes, e o secretário de meio ambiente de Itaguaí – Antonio Marcos Barreto. Estruturando dessa forma, a apresentação de Marçal Cavalcanti – que trouxe a Agenda 2030 estabelecida no município de Pilar, trazendo programas como o “Qualifica + Pilar”, Programa “Prato Cheio”; entre outros. A Agenda dos ODS de Pilar, foi estruturada a partir da formação realizada pelo Reitor do Instituto ANAMMA – Marcelo Marcondes, que capacitou a equipe local, sistematizando os indicadores e estabelecendo diretrizes de atuação.


Antonio Marcos Barreto, trouxe em outra palestra, o case da lei de compensação ambiental dos municípios de Mangaratiba e Itaguaí, que em uma metodologia arrojada, gera desenvolvimento sustentável aos municípios e, em especial, atribui responsabilidades ambientais aqueles que demandam serviços ambientais.


Na manhã do dia 24, Mario Mantovani, coordenou uma mesa de diálogos com ONGs ambientalistas, tendo a presença, de diversos representantes – como a parceira histórica – SOS Mata Atlântica, na abertura, estiveram presentes o Presidente da ANAMMA Nacional – Marçal Cavalcanti, o Vice-Presidente da ANAMMA Nacional – Antonio Marcos Barreto, e o Reitor do Instituto ANAMMA – Marcelo Marcondes.


Já no último dia do evento, Andrea Struchel coordenou a mesa da ANAMMA Mulher, teve a participação de Dra. Adriana Braga - consultora do Instituto ANAMMA; Solange Wuo Franco - Diretora de Meio Ambiente de Suzano/SP; Andreia Dahdal - vereadora em Águas de Lindoia; da bióloga Patrícia Kfouri e advogada Dra. Elza Torres, representantes da OAB; Ketlin Taborda - representante do Mulheres Inspiram e da geógrafa Eliane Aparecida, representando a Secretaria de Meio Ambiente de Santana do Parnaíba/SP.


Para a 5ª edição do Fórum Brasil de Gestão Ambiental (FBGA), a cidade de Holambra/SP, candidatou-se e foi acolhida por todos os municípios presentes.


Confira as fotos em nossas redes sociais!


Últimas Notícias
bottom of page