Licenciamento Ambiental e Produção e Consumo Sustentáveis pauta workshop da ANAMMA

FIESP lança “Guia PCS – Produção e Consumo Sustentáveis: tendências e oportunidades para o setor de negócios” em Workshop no CIESP-Campinas, realizado em 09 de setembro. Comunicação CIESP-Campinas, Carla Marins

Fonte: http://www.ciespcampinas.org.br/site/noticias/761/2016/09/licenciamento-ambiental-e-producao-e-consumo-sustentaveis-pauta-workshop-da-anama/

A ANAMMA - Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente promoveu, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas, a FIESP e o CIESP, workshop com abordagem sobre os novos instrumentos e enfoques nacionais de gestão para o desenvolvimento local. Ao apresentar o tema, Rogério Menezes, presidente da ANAMMA e também secretário municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas, lembrou da influência e da dependência recíproca entre as dimensões de produção e consumo, as quais impactam diretamente o desenvolvimento econômico e humano da sociedade. “Se queremos o desenvolvimento sustentável ele deve se dar nas cidades, observando a infraestrutura, os novos empreendimentos econômicos e aliando estes ao impacto ambiental em seu território”, explicou. “O licenciamento ambiental é a ferramenta basilar de que os municípios dispõem para galgar sustentabilidade e aprovação de atividades integradas às políticas de meio ambiente”, reforçou. O diretor adjunto do Departamento de Meio Ambiente da FIESP, Marlucio Borges, apresentou o Guia PCS e as tendências apontadas por ele. “Temos a satisfação de lançar no interior paulista o Guia Produção e Consumo Sustentáveis: tendências e oportunidades para o setor de negócios, uma parceria FIESP - Federação das Indústrias do Estado de SP / PNUMA - Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, com foco em pequenas e médias empresas e, que tem em sua base de objetivos fortalecer o posicionamento da indústria e do empresariado, a fim de se desenvolverem e gerarem desenvolvimento”, descreveu. “Nosso objetivo é trazer as tendências de oportunidades desse tema, desmitificando essa pauta e observando que a produção e o consumo sustentáveis trouxeram um viés mais amplo de preocupação, o qual atende à complexidade da organização do mundo globalizado, e avalia como a influência do consumo, bem como sua dimensão, impactam as empresas como um todo”, pontua. O diretor de Meio Ambiente do CIESP-Campinas, Stefan Rohr, manifestou a importância deste instrumento de licenciamento ambiental municipal, ratificando a pontual relevância para que as pequenas e médias empresas busquem esta informação mantendo seus requisitos legais em dia. "O Departamento de Meio Ambiente do CIESP-Campinas está à disposição para auxiliar essas empresas nesta demanda", afirmou. “Nosso objetivo é orientar as indústrias para a capacitação e desenvolvimento de práticas que assegurem um licenciamento de base sustentável. Reforçamos aqui a importância do reconhecimento do licenciamento ambiental especial, principalmente, no que se refere à infraestrutura, o que motiva a manutenção de empreendimentos já licenciados e fomenta o êxito de novos investimentos”, assegurou. O CIESP-Campinas esteve representado ainda nas presenças de: Alfeu Cabral, representante local de Paulínia; Josmar Cappa, diretor técnico do Conselho de Infraestrutura e Logística; Jorge Rocco, gerente da Diretoria de Meio Ambiente do CIESP estadual; e Alexandre Vilella, coordenador regional de Meio Ambiente da FIESP.

No encontro, também foi lançado o livro Licenciamento ambiental municipal, de autoria de Andrea Cristina de Oliveira Struchel. A atual supervisora do Departamental junto à Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura Municipal de Campinas relatou a contribuição fulcral do livro pelo viés da apresentação do modo com que os municípios têm utilizado o licenciamento ambiental: “Um estratégico instrumento de gestão ambiental. Nesse sentido, a obra oferece vários exemplos de estados e municípios diferentes, com o intuito de propiciar uma massa crítica para os gestores locais." O workshop recebeu ainda a presença de importantes autoridades locais, entre elas: Márcio Barbado, presidente do Conselho de Administração da Câmara de Comércio de Campinas; Vanderlei Barbosa, subsecretário de Meio Ambiente, da Prefeitura de Lorena; Maria Helena Novaes Rodriguez, presidente da Diretoria Executiva da Associação de Educação do Homem do Amanhã; e representando o Condema – Conselho Municipal de Meio Ambiente de Campinas, Carlos Alexandre Silva.

Em destaque
Notícias recentes
Arquivo

SIGA-NOS:

  • w-facebook
  • Twitter Clean