top of page

ANAMMA visita Plastic Whale






Sempre atenta a novos conceitos de sustentabilidade, a ANAMMA – Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente, representada pelo vice-presidente, Antonio Marcos Barreto, visitou, na última semana, a Plastic Whale - sendo recebido por uma de suas fundadoras Sarah de Beurs, a ONG especializada na pesca profissional de plástico.

Criada há quase sete anos, em Amsterdã (Holanda), a Plastic Whale já retirou mais de 146 mil garrafas plásticas de dentro dos canais da cidade, conseguindo encher cerca de 3 mil sacolas de lixo.


A ONG holandesa conta com o apoio de mais de 15 mil pescadores que trabalham a bordo de pequenos barcos feitos justamente com o plástico retirado dos canais. Eles também produzem material de escritório como mesas, cadeiras e luminárias, graças à parceria com outras empresas.


“A ong tem uma grande expertise em educação ambiental e é considerada a primeira do mundo nesse tipo de pesca. Foi uma experiência incrível e o nosso objetivo é fazer um acordo de cooperação técnica e levar a ideia para o Brasil, em breve”, explicou Antonio Marcos.


Outro diferencial é que o trabalho realizado também se estende aos turistas. Os viajantes que se interessarem pelo projeto conseguem agendar os passeios para observar o trabalho ou até mesmo participar da pesca.


Para o presidente da ANAMMA, Marçal Cavalcanti, parcerias com ongs e instituições nacionais e internacionais trazem grandes benefícios para o avanço dos municípios brasileiros.


"Parcerias que agregam são sempre bem-vindas e necessárias. No final, todos temos o mesmo objetivo, que é promover a preservação dos nossos recursos naturais”, afirmou o presidente.



Últimas Notícias
bottom of page