top of page

Parque Laudato Si





Em parceria com a GIZ, que é a Agência Alemã de Cooperação Internacional, através do Projeto Áreas Protegidas Locais, que promove medidas de conservação baseadas em áreas protegidas e geridas por governos locais, para garantir a proteção da biodiversidade e contribuir com a conectividade ecológica regional, a ANAMMA BRASIL, através da Diretoria de Relações Internacionais vem atuando para aprimorar o desenvolvimento baseado na natureza, tendo o forte propósito de contribuir para que governos locais assumam papéis de relevância na gestão de áreas protegidas e de conservação, de maneira a compartilhar boas práticas de governança a nível local.

Tendo no último dia 12, a realização de uma ação prática em Guaratinguetá/SP, envolvendo a comunidade do entorno do Parque Laudato Si, promovendo a equidade, foram realizadas ações de limpeza, educação ambiental e preparo para a instalação de lixeira coletora reciclável.

O Parque que é administrado pelo Santuário de Frei Galvão, sob a direção de Frei Diego Melo vem sendo implementado com total apoio da comunidade do entorno, restando algumas ações focadas na conscientização de preservação e limpeza, a população já vem atuando sobre a importância das áreas protegidas locais para o bem-estar da comunidade.

O projeto Áreas Protegidas Locais é implementado pela cooperação do governo alemão via Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH em parceria com o ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade e a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). No Brasil, o projeto atua em estreita colaboração com os governos locais e suas associações e redes, como, por exemplo, a Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (ANAMMA), que possui amplo apoio do Presidente Marçal Cavalcanti (Secretário de Meio Ambiente do Pilar/AL) e ponto focal, o Diretor de Relações Internacionais Marcelo Marcondes.

Nas imagens é possível ver a projeção futura do Parque Laudato Si.

Bình luận


Últimas Notícias
bottom of page